Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede.utp.br/jspui/handle/tede/1784
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Corporeidade: sentidos atribuídos por estudantes de psicologia
???metadata.dc.creator???: Saczuk, Maria Isabel 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Camargo, Denise de
???metadata.dc.contributor.referee1???: Cunha, Claudia Madruga
???metadata.dc.contributor.referee2???: Tagliamento, Grazielle
???metadata.dc.contributor.referee3???: Wanderboocke, Ana Claudia Nunes de Souza
???metadata.dc.contributor.referee4???: Ferrarini, Norma da Luz
???metadata.dc.description.resumo???: Corporeidade é um conceito amplo que coloca o corpo na interface de todas as relações humanas e requer um estudo multidisciplinar que abarque as dimensões física, social, biológica, psicológica, histórica, filosófica, política, tecnológica, cultural e todas as outras áreas que comportem seus estudos. Escolhemos utilizar o termo corporeidade nesta pesquisa compreendendo o corpo para além da visão dicotômica clássica da Psicologia. Dessa forma, a visão de corpo vai além da sua motricidade e de suas estruturas cognitivas; além do corpo e mente, do subjetivo e objetivo. Com isso, a pesquisa objetivou compreender os sentidos atribuídos à corporeidade por estudantes de Psicologia. O estudo abrangeu dois momentos: a revisão sistemática da literatura para conhecer como o corpo está sendo estudado pela Psicologia e a pesquisa de campo com estudantes de Psicologia de uma universidade particular do Paraná. Os resultados da revisão sistemática indicaram uma visão de corpo que segue o paradigma naturalista das ciências modernas, na qual o corpo ainda é concebido em uma dualidade. Grande parte dos estudos levantados é interdisciplinar, indicando um interesse da Psicologia em compreender de forma mais ampla o lugar do corpo em seus estudos e práticas. Seguindo nossos objetivos para melhor compreender a visão de corpo e os sentidos a ele atribuídos realizamos uma pesquisa de campo de natureza qualitativa, do tipo exploratória, com delineamentos de pesquisa-ação, com estudantes de Psicologia de uma universidade particular do estado do Paraná. Para a produção dos dados recorremos à linguagem de algumas artes, tais como: artes visuais, poesia, dança, música e vivências psicocorporais, dentro da proposta de oficinas de corpo e arte; foram aplicados ainda dois questionários, um antes do início e outro após a realização das oficinas. Desse modo, foi possível criar territórios para a sensibilização e a expressão de sentidos sobre a corporeidade. Por meio da análise das vivências do grupo em nossa amostra de pesquisa identificamos que os sentidos atribuídos à corporeidade se deram através do corpo mobilizado, da experiência vivida dentro do contexto das oficinas, por meio de suas produções artísticas e narrativas. As emoções fluíram, dando sentido aos processos criativos, e a imaginação dos participantes em alguns momentos possibilitou a autoconsciência do corpo atrelada às emoções. As relações de afeto estabelecidas no grupo dentro do campo da pesquisa nos levaram a concluir que os sentidos atribuídos à corporeidade se expressam por meio dos afetos, das emoções encarnadas. Percebemos, nas oficinas, o potencial da arte para a vivência da corporeidade, ampliando as percepções de si e do mundo na construção de um corpo potente, capaz de refletir, questionar e revindicar seu lugar político e social no mundo.
Abstract: Corporeality is a broad concept that places the body at the interface of all relationships and requires a multidisciplinary study that encompasses the physical, social, biological, psychological, historical, philosophical, political, technological, cultural dimensions and all those that encompass their relationships. We chose to use the term corporeality in this research, understanding the body beyond the classic dichotomous view of Psychology. In this way, the body vision goes beyond its motricity and its cognitive structures; in addition to the body and mind, the subjective and objective. Thus, the research aimed to understand the meanings attributed to corporeality by Psychology students. The study covered two moments: the literature review, including a systematic review, and the field research. The results indicate a limited view of the body that has not surpassed the paradigm of modern sciences, in which the body is still conceived in a duality. In the systematic review, we noticed that most of the studies were interdisciplinary and we also found the same assumptions to remain. Following our objectives to better understand the body vision and the meanings attributed to it, we conducted a qualitative, exploratory field research, with research-action designs, with Psychology students from a private university in the state of Paraná. For the production of data, we use the language of some arts, such as: visual arts, poetry, dance, music and psychocorporal experiences, within the proposal of body and art workshops; two questionnaires were applied, one before the beginning and the other after the workshops. In this way, it was possible to create territories for raising awareness and expressing meanings about corporeality. Through the analysis of the participants' experiences, their artistic productions and their narratives, we identified that the meanings attributed to corporeality took place through the mobilized body, the very presence of the body involved with its wholeness. Emotions flowed, giving meaning to creative processes, and the participants' imagination enabled their self-perception. The relationships of affection established in space during the research lead us to conclude that the meanings attributed to corporeality are expressed through affections, incarnated emotions. We perceive, in the workshops, the potential of art for the experience of corporeality, expanding the perceptions of itself and the world in the construction of a powerful body, capable of reflecting, questioning and claiming its political and social place in the world.
Keywords: Arte
Corpo
Corporeidade
Emoção
Psicologia
Art
Body
Corporeality
Emotion
Psychology
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
???metadata.dc.language???: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Tuiuti do Paraná
???metadata.dc.publisher.initials???: UTP
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia
???metadata.dc.publisher.program???: Mestrado em Psicologia
Citation: Saczuk, Maria Isabel. Corporeidade: sentidos atribuídos por estudantes de psicologia. 2020. 133 f. Dissertação( Mestrado em Psicologia) - Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2020.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: https://tede.utp.br/jspui/handle/tede/1784
Issue Date: 29-Jul-2020
Appears in Collections:MESTRADO EM PSICOLOGIA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CORPOREIDADE.pdf4.92 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.